Menu

L – O Último Mortal [Videoclip]


Já está publicado o mais recente vídeo do mc membro L, e que vídeo!
Se dúvidas haviam quanto ao potencial do L, hoje essas dúvidas deixam de fazer sentido!

Para ver a letra desta música, clica em…

Letra:
Estou a dropar um drumkit no djembé
A cantar rimas antigas em forma de matiné
Nisto vem um bem disposto que pergunta, qual é?
Quando é que cresces e paras de fazer rap man?
Desde chavalo a minha vida é um problema
Na, não penses nisso bacano nem vale a pena
Que eu nunca colei na droga nem prejudiquei ninguém
Tenho a educação de um tropa e o amor da minha mãe
Nesta cama vivo bem, com o abraço dos lençóis
e la fora o vento sopra devem ser super-heróis
Que acham que brilham e curvam os girassóis
olha que quem muito fala também atrai muitos olhos
A minha história da um programa de olhóvideo
Cair numa piscina pra mim é um suicidio
Sou o gajo da baliza mesmo sem ter sido gordo
Estou todo roto só de pensar em desporto
Ou escolho equipa ou sou escolhido só no fim
Da-me igual já sei que a bola nunca vem parar a mim
Mano se eu marcar um golo desculpa que foi sem querer
Um dia serei Ronaldo, da-me tempo pra aprender

Não sou (um) falhado, quanto muito eu bato mal
Tenho um único defeito, sou o ultimo mortal
és o maior da tua zona chavalo?
Olha pra mim preocupado, sou o ultimo mortal
x2

Não sou (um) falhado, quanto muito eu bato mal
Tenho um único defeito, sou o ultimo mortal
Já há cinco anos que tenho a roupa igual
E se não estou a par da moda é falta de capital
Metade vai no material, o resto foi-se nos dentes
Que ainda assim não justificam que seja sorridente
Eu ter o sorriso amarelo são problemas pendentes
Até ter guita para um branqueamento, entendes?
Aprende, que se é pra ser que seja o erro perfeito
Como as notas que eu desafino até sair algo de jeito
Ou as quedas da unica vez que estive em cima de um skate
Não volto acima de um skate
Sou uma desgraça da-me graça ser assim vá
Não sou assim tão mau, sou comum e sou um Silva
Estas aplicado em ser perfeito numa beauty shop
Tu escondes os defeitos não és puro és photoshop

Os imortais eu prefiro nem ver
São problemas que a miopia me ajuda a resolver
Toma cuidado com o telhado que está quase a ruir
E leva de volta as palavras que me andaste a cuspir

Comentar

Deixe uma resposta

Subscreve os canais

Videoclip do Mês – Piruka

Vedeta Phareal