Menu

Reflect & João Mestre – Vi morrer um Verso [Videoclip]


Vi morrer um verso” reside no espaço entre o “Último acto” e “Reflect“, os seus dois álbuns. É o vazio cantado; vazio esse onde versos pairam num limbo por onde a inspiração não passa. Mas um dia ela regressa, tudo ganha um novo sentido, o desgaste subjuga-se a um novo fôlego e os versos que ficaram perdidos no tempo e espaço renascem às teclas do piano, sublime-mente executado pelo João Mestre.
Vídeo gravado na Academia de Música de Lagos (Algarve).

Para ver a letra desta música, clica em…
LETRA:

Vi morrer um verso numa folha ignorado
Vi nascer o vazio a cada poema calado
Fiquei sem respirar, desamparado no chão
A contar estrelas reflectidas numa estrada de alcatrão
Sinto olhares da janela a somar cacos do que fora
E esta soma negativa inspira gente lutadora
Foco o pouco que ainda vejo, o que avisto não me agrada
Vi crianças serem homens numa rua que se degrada
O mundo não mudou, ainda condena quem tenta
Vejo ganância e interesses benzidos com água-benta
Vi o mundo a metade, tiro o chapéu e vejo o resto
Nem viste metade do meu mundo e anuncias que eu não presto
Enquanto pisas uma flor, há uma nova que germina
Se não sabes para onde vais, esta rua não termina
Ainda tenho o mesmo sonho, desde pequeno que me conforta
Hei de voar em colorido até ser uma pessoa morta.

Músicas Relacionadas

Comentar

Deixe uma resposta

Subscreve os canais

Videoclip do Mês – Piruka

Vedeta Phareal